O impacto da relação professor-aluno na construção do conhecimento: uma experiência do Curso Pré-Universitário Popular da Universidade Federal de Juiz de Fora

Letícia Couto Bicalho

Resumo


A proposta deste estudo é analisar a trajetória do professor principiante que inicia sua vida profissional exercendo a função de preparar jovens pré-vestibulandos advindos de camadas populares. Tendo esses alunos a origem em escolas públicas e revelando um atraso histórico relativo aos ensinos fundamental e médio, investiga-se o procedimento pedagógico utilizado por este profissional para que o aluno adquira as competências e habilidades necessárias ao enfrentamento do vestibular. O que representa para esse jovem professor a proposta de preparação de alunos de camadas populares e que desejam o ingresso em instituições públicas de ensino superior? Este trabalho busca trazer elementos que fortaleçam as reflexões sobre o perfil desse docente, sua capacidade de resiliência e a forma como essa metodologia utilizada retorna em sucesso dos alunos no vestibular. Se por um lado, temos um jovem professor principiante, por outro, temos alunos que esperam um tutor que lhes ajudem na construção do conhecimento e na preparação ao enfrentamento do exame. A forma de olhar para este profissional, muitas vezes, na espera de um erro ou da necessidade de um suporte pedagógico inibe a percepção do envolvimento, da disponibilidade e da criação de um vínculo relacional e facilitador da ponte ensino-aprendizagem. A pesquisa qualitativa é eleita como o procedimento metodológico e o instrumento de coleta de dados constitui-se de questionário aplicado aos profissionais pertencentes ao quadro docente do Curso Pré-Universitário Popular da Universidade Federal de Juiz de Fora.




Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.