SÍNDROME DE BURNOUT EM PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM

Denise Silva Braga, Maria Angela Boccara de Paula

Resumo


Burnout é uma síndrome ocorrente entre indivíduos de profissões que cuidam de pessoas, causando desgaste ou exaustão emocional referente a sentimentos de fadiga e dificuldade em lidar com situações estressoras. Ele aparece quando uma sequência de fatores da relação do homem com a organização do trabalho é desencadeada. A pesquisa realizada objetivou identificar e analisar as produções científicas sobre os fatores desencadeantes ao desenvolvimento da Síndrome de Burnout nos profissionais de enfermagem, no período de janeiro de 2008 a dezembro de 2013. O estudo foi embasado na pesquisa bibliográfica, que abrangeu a leitura, análise e interpretação de livros, trabalhos científicos realizados por profissionais brasileiros e publicados em revistas brasileiras indexadas (periódicos) e sites da Internet. Foram encontrados 37 trabalhos e após o levantamento e análise, foi evidente afirmar que os profissionais de enfermagem estão expostos à incidência de burnout. E os fatores desencadeantes foram o plantão noturno constante, a jornada dupla da mulher como mãe e profissional, situações criticas e de emergência, trabalho prolongado, conflitos entre equipe, falta de funcionários, e diminuição do convívio familiar. Acreditamos que, quando se faz uma análise tendo o indivíduo como foco, as condições de trabalho em que ele está inserido também estarão sendo analisadas. Assim é possível verificar a influência das questões organizacionais para o bem-estar dos trabalhadores.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.