As cinco vidas da agenda pública brasileira de turismo

Jose Roberto Pereira, Thiago Duarte Pimentel, Alexandre De Pádua Carrieri, Mariana Pereira Chaves Pimentel

Resumo


Apesar das discussões sobre políticas públicas brasileiras, as repercussões da política de turismo são pouco conhecidas. Ao assimilarem papéis diversos durante o último século, os governos brasileiros puderam estabelecer objetivos e prover expectativas diversas. Este trabalho tem por objetivo analisar o processo de institucionalização das políticas públicas
de turismo brasileiras de 1930 a 2010. Para alcançá-lo, reconstituiu-se a agenda pública de turismo do Brasil. Como fonte de dados, utilizou-se o site da Câmara dos Deputados.
Observou-se recorrente inconsistência institucional, aumento de investimentos e transformação de expectativas. Verificou-se, também, recente mudança no perfil dessas políticas, buscando conformar-se ao padrão internacional.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais