A BIOÉTICA E A FORMAÇÃO ACADÊMICA DO GRADUANDO DE ENFERMAGEM

Fabio Fortes de Araujo, Fernanda Moraes Gonçalves, Ana Clementina Vieira de Almeida

Resumo


Este estudo tem como objeto o ensino da bioética no processo de formação acadêmica do graduando do curso de enfermagem. Observamos que por mais que um educando em todo seu esforço e potencial alcance um alto Coeficiente de Rendimento (CR), conseguindo somar ótimas competência e habilidades, ainda assim este não estará apto a lidar com facilidade com os dilemas bioéticos que serão enfrentados durante o dia-a-dia de seu exercício como profissional. Tem-se como objetivo de fazer reflexões sobre o ensino da bioética para a formação do graduando de enfermagem. Trata-se de um estudo teórico de caráter reflexivo que tomou como referencial a Declaração Universal sobre Bioética e Direitos Humanos da UNESCO e as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Enfermagem. Concluímos que a formação do educando, ainda nos dias de hoje limita-se a apresentar o código de ética profissional deste modo contemplando apenas os aspectos deontológicos e normativos. Este contexto nos mostra que estamos ainda muito além do modelo idealizado e desejado, levando a sérias consequências durante o exercício do profissional de enfermagem, gerando perdas imensuráveis para o processo de ensino-aprendizagem, para a enfermagem, para sua clientela e para a sociedade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.