BACTÉRIAS, VÍRUS OU FEBRE: OS CONHECIMENTOS PRÉVIOS DOS ALUNOS SOBRE SAÚDE E COMBATE A DOENÇAS

Wanderley Pivatto

Resumo


 

A identificação das concepções alternativas dos estudantes é importante, pois são entendidas como produtos dos esforços imaginativos das crianças para descrever e explicar o mundo físico que as rodeiam. Tais concepções devem ser encaradas como construções pessoais, que o professor tem o dever de procurar conhecer, compreender, e valorizar para decidir o que fazer e como fazer o seu ensino, ao longo do estudo de um tópico. Tendo isto por base, este trabalho buscou identificar as concepções alternativas de estudantes do 6º ano de uma escola da rede pública de Florianópolis, Santa Catarina sobre o tema: bactérias. A pesquisa tem caráter qualitativo e o instrumento para coleta de dados consiste de um questionário. Os resultados apontaram que o cotidiano e a mídia influenciam fortemente em suas concepções. Esse trabalho serve de referência para futuros estudos na tentativa de contribuir para a melhoria do ensino de ciências, em especial de microbiologia.

Palavras-chave: Bactéria; Ensino de ciências; Concepções alternativas; Saúde humana.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-2380

 

Indexadores:

Latindex,  Diadorim, Google AcadêmicoSumarios.OrgCapes .periodicos.

 

Anti-plágio