Um copo de cólera: um estudo das relações de gênero sob o viés foucaultiano

Thais Regina Pinheiro Gimenes

Resumo


Em História da sexualidade, terceiro volume, O cuidado de si (1985), Foucault trabalha com alguns conceitos básicos: os aphrodisia, os cuidados com o corpo e a saúde, obrigações e deveres dos cônjuges no casamento, a mulher/esposa na relação conjugal, a relação que se pode ter com os prazeres sexuais, o uso que deve ser feito deles, e o amor pelos rapazes. Esses conceitos implicam abster-se, controlar-se, em relação ao sexo, que, por conseguinte, adquire uma explicação moral. Assim, penso confrontar alguns conceitos de Foucault com a situação da mulher num texto da ficção contemporânea brasileira, Um copo de cólera (1992), de Raduan Nassar. Nessa perspectiva, o presente artigo tem como objetivo analisar sob os preceitos foucaultianos as relações entre homem/mulher, num quadro de conflitos que podemos considerar atuais na intenção de contribuir para a crítica dos estudos discursivos sobre a mulher.

Palavras-chave: Foucault; estudos de gênero; ficção contemporânea.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.