Sobre rupturas e problematizações em textos prefaciais de manuais das Ciências da Linguagem

Éderson Luís Silveira, Agnaldo Almeida, Leonard Christy Souza Costa

Resumo


A presente pesquisa qualitativa por meio de dados documentais visa apreender os gestos de interpretação inscritos em textos prefaciais de livros introdutórios da área de estudos da linguagem publicados no Brasil, direcionados a estudantes de graduação e pós-graduação. Serão utilizados os pressupostos teórico-metodológicos da Análise de Discurso de linha francesa peucheteana. Nas análises efetuadas, observa-se que os sujeitos buscam um distanciamento, ou mesmo “ruptura”, de imagens sócio-historicamente construídas em torno da língua como um todo homogêneo que não revela as situações reais de interação. Dessa forma, a materialidade textual é recortada e se inscreve em formas discursivas distintas, das quais se destaca uma atravessada pela cientificidade (Linguística) e outra pela normatividade (tradição gramatical), com vistas a mostrar os tensionamentos e a produção de sentidos que emergem dos textos em questão.

Palavras-chave


Formações Discursivas; Prefácios; Ciências da Linguagem

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.