Música e Indústria Cultural: Publicidade e consumo nos casos Nick Drake e Tom Zé

Caio Mendonça Lima de Oliveira, Guilherme Carvalhido Ferreira

Resumo


As relações entre música e publicidade são providenciais para se entender, neste artigo, de que maneira as novas tecnologias de informação e comunicação influenciam o modo como as formas de criação artística e cultural são afetadas pela indústria. A participação de artistas outsiders, como Nick Drake e Tom Zé, no contexto propagandístico, neste sentido, gera reações e comentários oportunos para se confrontar as expectativas iniciais dos pensadores da Escola de Frankfurt sobre a Indústria Cultural. Retoma-se, portanto, o debate sobre a capacidade na Era Digital, com o surgimento da internet, dos mercados de nicho criarem padrões individualizados de consumo alternativos à massificação. A pesquisa bibliográfica, em conjunto com o estudo de caso constitui o método seguido na escrita do texto. De forma geral, intenta-se contribuir para os debates que renovam a compreensão dos efeitos do poder da Indústria Cultual sobre a arte.


Palavras-chave


Indústria Cultural; publicidade; consumo

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.